Seriados

“Desventuras em Série” é ‘tristemente’ renovada para segunda temporada

Para nossa alegria, mais um sucesso da Netfix foi renovado. Como já era esperado, uma das grandes e surpreendentes estreias de 2017, “Desventuras em Série”, teve sua segunda temporada confirmada para o próximo ano.

Em meio a um vídeo criativo, a Netflix convidou os fãs a desvendarem um mistério que no final, levava a um site, onde Lemony Snicket contava com a ironia de sempre que “apesar dos pesares”, serão produzidos novos episódios para a série, olha só:

desventuras

A série é programada para ter três temporadas, de acordo com os livros. Nós nos encantamos rapidamente por ela. E vocês, já assistiram ‘Desventuras’ e se não, por que ainda está parado sem conhecer a triste história dos órfãos Baudelaire?

Cobertura #Seriados #TV

Review | “Desventuras em Série” – Com certeza, tem coisas mais felizes no site para se ler

Já se passou exata uma semana desde a estreia de Desventuras em Série pela Netflix, e já estava mais do que na hora do Teen Stars falar sobre o que a série nos trouxe.

MAS, convenhamos que o Teen Stars é um site cheio de coisas felizes, com música, fofocas  e com certeza tudo será mais divertido do que acompanhar essa review. A responsabilidade do seu estado psicológico ao ler sobre essa trágica história é completamente sua.

Para mim e para muitos que estão lendo, Desventuras em Série deve ter marcado sua infância pelas inúmeras tardes em que assistimos a esse filme com Jim Carrey na sessão das tarde. Para outros, ele é significado de horas e horas se envolvendo nesse particular universo nas páginas de 13 livros.

Seja você quem gosta do filme, quem leu os livros ou ambos, certamente não irá se decepcionar com a série da Netflix.

A Series Of Unfortunate Events

Para início de conversa é necessário lembrar da brilhante escalação de Neil Patrick Harris como Conde Olaf. Porém, sabemos o quanto ele é genial e não decepcionaria em um papel perfeito para ele (inclusive o cara tá envolvido em todos os aspectos de produção). Ao contrário das crianças que foram uma completa surpresa. Por mais que a estrela seja Neil, os três levam a série nas costas, dando destaque a jovem atriz Malina Weissman (Violet). E que atriz sensacional, ficávamos encantados quando chegava o momento do episódio que ela arrumaria seu lenço, prendendo o cabelo e se concentrando para pensar.

7

A série em si é repleta de inovações se comparada a outras produções, justamente por que leva a essência dos livros para a tela, de uma forma que encanta quem assiste.

Ponto 1. Como vimos no título e no início da review, a série se apresenta como algo a não ser visto. Só alguém com a genialidade da Netflix para desde a música de abertura, ir passando por todas as falas do narrador, chegar no musical final da temporada, deixando claro que existem coisas mais felizes para se ver e aquela não será uma história com bom final, muito longe disso, só coisas ruins serão mostradas em tela.

Mas combinamos que a cada enfatizada que a série dava nesse fato, só aumentava nossa vontade de ver mais e mais dessas desventuras dos órfãos.

5

Ponto 2. Ao se falar de narrador, não podemos deixar de lembrar o quanto Desventuras utilizou da quebra de quarta parede (aquele momento em que a série começa a falar com o público). Essa foi novamente uma essência trazida dos livros, sendo Lemony Snicket, pseudônimo do escritor, quem aparece narrando os fatos.

A atuação e boa dicção do ator Patrick Warburton junto com o excelente texto, combinaram perfeitamente.

Ponto 3. O visual da série bebe muito da fonte de diretores como Wes Anderson ou Tim Burton. O mais impressionante é que a cada dois episódios somos apresentados a um livro da franquia, ou seja, cada dois episódios vivemos em um lugar diferente com pessoas diferentes. A parte visual acompanha muito disso e se apresenta inteiramente como algo surreal e completamente lúdico, já que a trama não se preocupa em especificar época, país ou universo, logo a parte visual não se prende a esses detalhes.

1

Ponto 4. O roteiro é irônico do início ao fim. Mesmo apresentando uma história extremamente trágica, ele brinca com isso, principalmente ao lidar com os adultos.

Absolutamente todos os adultos nos deram raiva em algum momento (menos dr. Montgomery Montgomery), pois todos eram absolutamente idiotas.

Isso de alguma forma nos deu cenas irônicas e não engraçadas em si, porém que atrelado ao fato de que a história foca nas crianças estarem a frente de tudo e de todos, isso só acrescenta na essência.

Mas sim, tivemos muita raiva do banqueiro tosco e suas tosses intermináveis que até agora não sabemos o que significa (talvez um dia saberemos).

6

Ponto 5. O roteiro consegue empolgar muito a partir do lago das sanguessugas (que era nossa parte favorita no filme).

Em seguida nos apresenta uma surpresa que é de deixar o queixo cair no episódio 7. Aquele momento que os pais abrem a porta amarela, então, nós ainda não entendemos nada sobre isso (mas em breve entenderemos). E por fim, termina com o melhor de todos os arcos, sendo ele o desfecho da serralheria alto astral.

A temporada terminou do mesmo jeito que todos os três arcos que antecederam a serralheria e com um recomeço. (algo premeditado)

Recomeço esse que nos deixou extremamente curiosos para saber qual é a daquelas duas crianças com a luneta no internato e o que aconteceu na casa dos pais mais legais do universo (que com cenas de meio minuto, nos encantaram tanto).

A temporada termina com muitas respostas a serem dadas. A história acertou em ir dando pistas sobre um mistério maior que cerca a sociedade do qual os pais e familiares dos órfãos participavam.

Só nos resta esperar pelos novos lugares que Violet, Klaus e Sunny visitarão e que certamente, Conde Olaf os seguirão.

7

Seriados

As gravações da segunda temporada de “Desventuras em Série” já tem data prevista

Todos nós estávamos bastante ansiosos com “Desventuras em Série”, a nova série da Netflix, que por sinal foi um grande sucesso em tão pouco tempo.

A série estreou em 13 de janeiro, em menos de uma semana, ela já foi confirmada para a sua segunda e terceira temporada.

O Ator Patrick Warburton confirmou que a segunda temporada começará as gravações em Abril deste ano, e ainda que as gravações da terceira temporada podem ser gravadas ao mesmo tempo, já que as crianças crescem muito rápido neste meio tempo.

O seriado é a adaptação uma série de 13 livros, com o mesmo nome e eles resolveram trabalhar cada dois episódios, um livro, ou seja, tem bastante coisa para explorar.

O ator Neil Patrick (Conde Olaf) veio aqui na nossas terras brasileiras, para divulgar a série durante a Comic Con em Dezembro, o que fez o verdadeiro gostinho de quero mais.

Quem está ansioso para segunda temporada após esta noticia maravilhosa? 

Seriados

Divulgada abertura de Desventuras em Série cantada por Neil Patrick Harris

Faltando apenas um dia para finalmente podermos conferir a adaptação que a Netflix produziu de “Desventuras em Série”, o serviço de streaming liberou o tema de abertura da série, cantada por ninguém mais, ninguém menos do que pelo Neil Patrick Harris, o Conde Olaf.

Assim como a própria letra da musica de abertura, na descrição do video há uma mensagem para não assistirmos a série, bem caracteristica da saga dos jovens Baudelaire.

“Caro telespectador,

Apresentamos nossos créditos de abertura, algumas frases que significam que agora é sua última chance de cair fora desta desventurada história e assistir a algo mais agradável. Em resumo: um lembrete final de que você não tem a menor obrigação de assistir a este desgraçado relato.

Com todo o respeito,
Netflix

Confira a abertura:

Listas #Livros

3 sagas literárias para conhecer em 2017

Final do ano é sempre aquela historia de fazer metas para o ano que se aproximam nessas metas sempre tem aquela promessa de ler mais. Para facilitar um pouco a vida de vocês resolvemos então listar algumas séries literárias que adoramos e que com certeza vocês irão amar:

Desventuras em Série – Lemony Snicket

saga-3

Como teremos a série produzida pela Netfix, por que não se preparar lendo a saga que deu origem a ela. A historia que é divida em 13 livros onde somos apresentados aos irmãos Baudelaire, que após a misteriosa morte dos seus pais, precisam ir moram com um primo distante, o Conde Olaf, um homem terrível que só está de olho na fortuna das crianças. A cada livro as crianças vão morar com um tutor diferente para se livrar das maldades do Conde, mas ele sempre acaba as achando usando disfarces. Embora tenha a saga tenha essa grande quantidade de livros, vários dos volumes são bem pequenos e super rapidos de ler, principalmente por conta da narrativa viciante e engraçadíssima do autor.

Os Legados de Lorien – Pittacus Lore

saga-2

Para quem não conhece Os Legados de Lorien, é a saga literária que deu origem ao filme Eu Sou o Numero 4 (que é o primeiro livro da série), como provavelmente não teremos uma continuação do longa, por que não saber a conclusão da historia através dos livros.  A saga que contem sete volumes conta a historia desses nove alienigenas ainda bebes vieram a terra após os seu planeta natal Lorien ser dizimado pelos Morgadorianos. Eles (os Lorieanos) precisam se esconder a todo custo, até seus poderes (ou legados) se desenvolverem e então poderem retornar ao seu planeta natal. O problema é que os Morgadorianos estão na terra e já conseguiram matar três dos noves legados e agora cabe aos seis restantes conseguir derrotar os aliens malvado e reconstruir o seu planeta.

A Mediadora – Meg Cabot

Saga-1

A saga que começou em 2000, terminou em 2004 e ressuscitou esse ano (2016), possui sete livros, onde iremos conhecer Suzannah Simon, que tinha tudo para ser uma adolescente normal, se não fosse o fato dela ter o dom de falar com os fantasmas. Suze, como é conhecida, é uma mediadora, uma pessoa cuja a missão é ajudar os fantasmas presos aqui a descansar em paz. A quando sua mãe se casa novamente e ela e Suze se mudam para uma casa assombrada na California. Acontece que Jesse, o fantasma bonitão que assombra a casa, ou melhor, exatamente no quarto da Suze, nada faz para assusta-la, muito pelo contrario. A saga é escrita pela mesma autora de O Diário da Princesa (sim aquela que tem o filme com a Anne Hathaway) e ela é repleta de mistério, aventura e romance, além de ser extremamente engraçada.

Gostaram da lista? Comentem ai se vocês já conheciam essas sagas, se pretendem ler algumas delas e sugiram algumas para nós lermos em 2017 também.

TV

Teaser de ‘Desventuras em Série’ revela Neil Patrick Harris como Conde Olaf

A Netflix divulgou hoje o novo teaser de ‘Desventuras em Série’, sua nova série original baseada nos livros de Lemony Snicket (pseudônimo de Daniel Handler). Neil Patrick Harris interpretará o icônico Conde Olaf, que na adaptação cinematográfica de 2004 foi interpretado por Jim Carrey.

A história acompanha três irmãos órfãos em busca da solução dos mistérios que envolvem a morte de seus pais. Eles ficam aos cuidados do malvado Conde Olaf e vivem numa mansão pra lá de bizarra. Todos os episódio de ‘Desventuras em Série’ estarão disponíveis a partir do dia 13 de Janeiro na Netflix.